Bastante conhecida por suas largas ruas, Curitiba, capital do estado do Paraná, é um pedacinho do que conhecemos da Europa aqui no nosso Brasil. Sentir-se em casa quando se está em Curitiba não é tão difícil, afinal, a cidade é bem convidativa e a locomoção é facílima. Lotada de pontos turísticos e atrações espalhadas, a cidade oferece divertimento o bastante para agradar a gregos e troianos. Quer conhecer mais sobre Curitiba? Vem com a gente.

O que fazer em Curitba?

Curitiba é uma linda cidade, que mistura tradição e modernidade. Conhecida como cidade verde, Curitiba abriga em torno de 30 parques e bosques.

Entre os mais conhecidos está o Jardim Botânico, com sua icônica estufa de vidro inspirada no Palácio de Cristal de Londres, cartão postal da cidade. Com cerca de 245 mil m², o parque conta com uma grande variedade de jardins e bosques. Dentro da estufa de 458m², é possível observar diversas plantas típicas de áreas tropicais. Dentre os jardins espalhados pela área, está o Jardim das Sensações, onde você poderá sentir a natureza de uma forma mais intensa.

 

Um dos mais famosos parques da cidade é conhecido por suas simpáticas habitantes, as capivaras. Quando o sol aparece, o parque Barigui é destino de muitos moradores, devido ao seu estonteante cenário, que fica ainda mais bonito próximo ao pôr do sol.

Entre os diversos parques e bosques espalhados pela cidade está também o Bosque Alemão, com 38.000 m² de natureza exuberante e diversos espaços que homenageiam e fazem referência aos povos germânicos.

O passeio, muito indicado para quem está viajando com crianças, se inicia no Oratório de Bach e continua pela trilha em meio a uma mata fechada que remonta a história de João e Maria. Ao longo do caminho, os turistas passam por uma sala de leitura, chamada Casa da Bruxa, onde as crianças podem ouvir histórias. O final do passeio se dá na chamada Casa de Milla, um maravilhoso exemplar da cultura alemã.

 

A cidade possui uma história bem rica e isso se reflete em seu centro histórico. Criada à partir do Largo da Ordem, nascia, em meio à ruazinhas de pedra, a Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, que mais tarde viria a se chamar Curitiba. Ponto de grande movimento comercial entre os séculos XVIII e XIX, o centro é lotado de prédios que datam desse período.

Entre os mais famosos estão a Igreja da Ordem, que abriga o Museu de Arte Sacra, e a Igreja de Nossa Senhora do Rosário de São Benedito, destinada ao culto dos escravos, a Casa Romário Martins, transformada em um pequeno centro cultural, a Casa Vermelha, que hoje abriga o restaurante Bar do Alemão e o Palácio Giuseppe Garibaldi, onde está localizado o Relógio das Flores. Seguindo em direção à Praça Tiradentes, é possível observar também os painéis de Poty Lazzarotto.

 

Aos domingos, o centro ganha ainda mais vida, devido à feira de antiguidades e gastronomia, programa obrigatório para quem vai passar o final de semana em Curitiba. Enquanto estiver por lá, aproveite também para conhecer o Memorial de Curitiba, uma moderna construção construída em comemoração aos 300 anos da cidade. A diversidade de atrações chama atenção, com suas apresentações cênicas, espetáculos musicais, exposições de arte e outras diversas atividades com envolvimento cultural. No interior do prédio, você conhece os trabalhos de diversos artistas, entre eles: Poty Lazzarotto, Zaco Paraná, Ricardo Todd, João Turin, Expedito Rocha e Elvo Benito Damo.

Além de parques, Curitiba também é bastante rica em museus. Entre os principais estão o Museu de Arte Contemporânea, o Museu Oscar Niemeyer e o Museu Paranaense.

No primeiro, você encontra um acervo destinado à preservação de obras de artistas tanto paranaenses quanto nacionais. Em meio a pinturas, desenhos, gravuras, fotos e outras peças de arte de nomes como Tomie Ohtake, Burle Marx, Waldemar da Costa, Cícero Dias, Alfredo Volpi, Amilcar de Castro, José Bechara, Alex Flemming, Miguel Bakun, Theodoro de Bona e Helena Wong.

O segundo, também conhecido como Museu do Olho, devido ao seu ao seu formato irreverente criado pelo próprio arquiteto, é considerado o melhor espaço dedicado à arte na cidade de Curitiba. Com um acervo permanente e muitas mostras itinerantes, o museu conta com obras de autores nacionais e internacionais, entre eles Andy Warhol, Tarsila do Amaral, Candido Portinari, Caribé, Tomie Ohtake e o próprio Oscar Niemeyer.

 

O último, por sua vez, é destinado a quem quer conhecer um pouco mais da história sobre a história do Paraná. Lá, os visitantes fazem uma viagem no tempo e descobrem, de forma bem didática, como se deu a história do estado. Com um acervo com mais de 400 mil itens, o Museu do Paraná é um prato cheio para quem quer voltar ao passado e entender como funcionava o Brasil algumas décadas atrás.

Curitiba ainda conta com o Museu do Holocausto, uma emocionante homenagem às vítimas deste período de horror sofrido pelo povo alemão entre os anos de 1930 e 1945. O acervo conta com fotos e objetos da época. Apesar de não estar 100% disponível, ao final do passeio, os turistas podem consultar o acervo virtual. Apesar de não estar entre os mais populares, o passeio vale devido à sua imensa carga histórica.

 

O estado é bem marcado por seu passado ferroviário. Por isso, enquanto estiver pela cidade, não deixe de conhecer o Museu Ferroviário de Curitiba, localizado no Shopping Estação. Tanto o shopping quanto o museu funcionam no prédio que um dia foi a estação ferroviária da cidade. Entre as peças da exposição, podem-se observar fotografias e mobiliários que datam do século XIX. A fachada da estação foi preservada e é parte importante do acervo do museu.

Quando você for à Curitiba, não deixe de dar uma passada na Ópera de Arame, considerada uma das mais belas construções da cidade. Construída em uma estrutura tubular de vidro, o local recebe concertos, apresentações teatrais e shows de todos os gêneros. Mesmo que você não participe de nenhum deles, a visita já vale apenas pela sua imponente arquitetura.

Para quem gosta de uma bela vista, a torre de telefonia da Oi, ou Oi Torre Panorâmica é um prato cheio. Com cerca de 100m de altura, esta torre permite ver toda a cidade em um ângulo de 360°.

Se você busca por novos temperos e comidinhas de bar, não deixe de dar uma passada no Mercado Municipal de Curitiba. O espaço oferece uma grande variedade de barracas com diversos temperos, queijos, frutas, verduras, embutidos, carnes e muito mais. Além das barracas de alimentos, o mercado ainda possui uma enorme variedade de quiosques e restaurantes especializados na gastronomia regional, como carne de onça, barreado e o pão com bolinho.

Arredores de Curitiba

Além da grande quantidade de atrações oferecidas pela cidade, enquanto você estiver por Curitiba, não deixe fazer o passeio de trem à Morretes. Saindo da Estação Ferroviária de Curitiba, o trajeto passa por dentro da Serra do Mar e proporciona cenários belíssimos em uma inesquecível volta ao passado. O passeio começa de manhã e termina no final da tarde. Divididos entre o passeio comum, nos vagões de classe econômica e o passeio de luxo, nos vagões de primeira classe, o passeio conta com a visita às cidades de Morretes e Antonina, além de incluir o almoço, no qual o prato principal é o típico barreado.

Onde comer?

Curitiba possui uma gastronomia bem diversificada. Enquanto estiver por lá, não deixe de aproveitar o friozinho constante para experimentar os pratos quentes típicos da região, entre eles, o barreado, a carne de onça e o pão de bolinho. Deliciosos!

O barreado, por exemplo, consiste em um ensopado de carne, cozida em uma panela de barro durante 12 horas, acompanhada de farinha de mandioca, banana e rodelas de laranja para acompanhar. Para apreciar o barreado como se manda a tradição é necessária uma verdadeira aula, mas não se preocupe, os atendentes estarão lá para te ajudar.  Um conselho: siga o ritual. Vale à pena.

A carne de onça, por sua vez, deliciosa de se degustar acompanhada de uma cervejinha, não consiste da carne da onça propriamente dita. Sua receita nada mais é do que o mix de carne crua moída com temperos e acompanhada de cebola e cebolinha. O forte odor que a cebola deixa após a degustação é o responsável pelo nome característico.

Por último, mas não menos importante, o pão com bolinho é um dos pratos prediletos de quem tem pressa. Ícone das refeições rápidas, este é o tipo de prato que pode agregar qualquer ingrediente, sendo a base original um bolinho de carne com pão, formando um delicioso sanduíche. O mais legal desse prato é que cada um pode ter a sua própria versão, desde que, é claro, não se esqueça do pão e do bolinho.

Onde ficar em Curitiba

Curitiba tem duas opções de locais indicados para se hospedar, o centro histórico e o bairro Batel. Enquanto no primeiro você está mais próximo das atrações turísticas da cidade, no segundo você encontra locais mais luxuosos para se hospedar. Enquanto no centro histórico você dispõe de fácil locomoção, no Batel você entra em contato com a parte nova da cidade.

 

Quando ir?

Não importa a época que você escolheu para visitar a cidade, o clima frio de Curitiba perdura o ano inteiro. Assim como em São Paulo, enquanto estiver em Curitiba prepare-se para viver as quatro estações ao longo do dia. Por ter o clima considerado mais chuvoso do que o londrino, enquanto estiver de passagem pela cidade, não deixe de andar com um guarda-chuva. E lembre-se: enquanto estiver em Curitiba, faça como os curitibanos e não deixe a chuva te desanimar.

Curitiba? #VaideMobai

Impossível não se encantar, não é mesmo? Venha conversar com a gente sobre esse destino de beleza e história fascinantes! Nós montamos muito mais do que um pacote de viagem. Criamos uma experiência personalizada, repleta de aventuras incríveis, com base naquilo que você quer. Acompanharemos você desde a programação da sua viagem até o seu retorno! A Mobai Viagens é uma agência de viagens localizada em Ribeirão Preto, no Complexo Empresarial do Shopping Iguatemi. Venha nos conhecer!