Localizada no Paraná, no município de Paranaguá, a Ilha do Mel é uma área de preservação ambiental. Por isso, não é permitido, na ilha, a locomoção por meio de automóveis e de veículos de tração animal, e o número de visitantes é limitado a 5.000 pessoas por dia.

Essas medidas, porém, garantem praias lindas e limpas, um ecossistema maravilhoso e uma sensação deliciosa de se conectar com uma natureza vibrante. Não pense, contudo, que o destino é um lugar parado, sem atividades.

Além de curtir as lindas praias, há muito o que se fazer na Ilha. Dê uma olhada nas dicas que separamos especialmente para você.

Pôr do sol na Ilha

O que fazer na Ilha do Mel?

Primeiramente, se você gosta de caminhadas, esse é o destino ideal para você. Há inúmeras trilhas que ligam as praias e as vilas. Tudo muito sinalizado e agradável. Então, prepare-se para muito trekking em meio à uma natureza exuberante.

Depois, claro, você terá belíssimas praias para relaxar na areia ou no mar. As praias que banham a ilha são: Praia de Fora, Praia do Miguel (deserta), Praia de Fora das Encantadas, Praia do Farol, Praia Grande (preferidas dos surfistas), Praia da Fortaleza, Praia das Encantadas (a mais movimentada da ilha) e a Praia do Limoeiro.

Além das praias,  existem construções de séculos passados que merecem uma visita. São elas:

  • o Farol das Conchas (datado de 1872), que não está aberto à visitação interna, mas que possui uma imperdível vista de toda a ilha;
  • a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres, de 1770, com canhões dos séculos 18 e 19 e um mirante com vista para outras ilhas;
  • o Morro das Baleias, onde você encontrará um labirinto de canhões e mais um mirante panorâmico.
Várias opções de bares e restaurantes
Photo credit: Lírica Aragão on Visualhunt.com

Mas isso não é tudo. Você poderá visitar a Gruta das Encantadas, cartão postal da Ilha do Mel, o Rio de Cedro, com sua cor avermelhada, o Istmo, a parte mais estreita da Ilha, com, aproximadamente, de 20 metros de largura, e a Capela São Francisco de Assis, pequeno oratório construído no morro do Cruzeiro.

Se isso tudo não bastar, você ainda pode curtir a deliciosa vida noturna do destino, admirando todo o esplendor do céu estrelado, ao ritmo do forró e do reggae!

Onde ficar?

São inúmeras as opções de hospedagem espalhadas pelas quatro vilas da Ilha.  A mais agitada e de melhor infraestrutura é a Vila Nova Brasília. A Vila de Encantadas tem menos pousadas, porém, possui uma vida noturna bastante agitada. Já as Vilas de Fortaleza e do Farol são para quem busca sossego e um maior contato com a natureza.

Quando ir?

Em se tratando de uma ilha ao sul do Brasil, a melhor época para conhece-la é certamente durante o verão. Nessa época os dias são mais longos e as temperaturas, inclusive da água do mar, são mais agradáveis. E as chuvas, caem rápidas, geralmente no final da tarde.

Depois do verão, a melhor época é o começo do outono, quando as chuvas diminuem e o clima continua agradável.

A Ilha no verão

A primavera também pode ser interessante, com as flores da Ilha se abrindo e enchendo o ambiente de cores e cheiros. Porém, é nessa época, principalmente de novembro a dezembro, que há a maior incidência das famosas “mutucas” (insetos parecidos com as moscas), que podem judiar dos visitantes.

Já no inverno, embora haja belos dias de sol, a temperatura cai bastante, com a água do mar em torno de 17º C.

Agora, é só escolher a melhor época e procurar a Mobai!

Ilha do Mel? #VaideMobai

Impossível não se encantar, não é mesmo? Venha conversar com a gente sobre esse destino de beleza e história fascinantes! Nós montamos muito mais do que um pacote de viagem. Criamos uma experiência personalizada, repleta de aventuras incríveis, com base em suas expectativas. Acompanharemos você desde a programação da sua viagem até o seu retorno!

A Mobai Viagens é uma agência de viagens localizada em Ribeirão Preto, no Complexo Empresarial do Shopping Iguatemi. Venha nos conhecer!