Podemos afirmar, sem sombra de dúvidas, que o Brasil foi abençoado pela mãe natureza. São tantas as maravilhas naturais que é difícil ouvir alguém dizer que já conheceu todas elas. Uma dessas atrações imperdíveis é o Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, listado pela UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade.

Isso porque, no parque, estão localizadas as maiores concentrações de sítios pré-históricos do mundo por quilômetro quadrado. As pinturas e gravuras pré-históricas gravadas nas paredes e nos afloramentos rochoso detalham a vida das antigas sociedades que ocuparam a região durante muitos milênios. Impressionante!

Quer saber mais sobre esse destino? Então dê uma olhada nas dicas que separamos especialmente para você!

Arte rupestre

O que fazer na Serra da Capivara?

A principal atividade para quem visita o parque é o passeio pelos sítios arqueológicos com suas pinturas rupestres e seus grafismos gravados nos paredões areníticos. De acordo com a Portaria nº 196/2018, não há cobrança de ingresso para visitar o parque. Contudo, a guiagem é obrigatória e deve ser paga à parte para os condutores locais oficialmente cadastrados.

Além dos sítios, você poderá conhecer as casas de antigos maniçobeiros, a preservada vegetação da caatinga (composta por formações areníticas, cânions ruiniformes e boqueirões) e uma rica e diversificada fauna.

A famosa Pedra Furada

Todas essas atrações estão distribuídas nos circuitos turísticos do parque (Circuito Baixão da Pedra Furada, do Veredão, da Chapada, da Jurubeba, Baixão do Perna, Andorinhas, trilha do Hombu e Circuito da Serra Branca). Lembrando que alguns desses circuitos têm acesso para cadeirantes e outros podem ser percorridos de bicicleta.

Ademais, você poderá praticar escaladas e rapel, visitar grutas e cavernas, conhecer o Museu do Homem Americano, cujo acervo é composto, entre outros itens, de instrumentos pré-históricos, urnas funerárias, esqueletos, imagens desenhadas e a descrição da megafauna que viveu em toda aquela área, e o Museu da Natureza, que conta a história da fauna e da flora da região.

Museu do Homem Americano

Onde ficar?

Não há, dentro do parque, opções para hospedagem. Contudo, você poderá ficar na cidade de São Raimundo Nonato que têm uma boa infraestrutura e está localizada a, somente, 25km do Parque. Duas boas opções na cidade são o Real Hotel e o Mega Express Hotel, ambos com café da manhã.

Quando ir?

É possível visitar o Parque Nacional da Serra da Capivara o ano todo. A principal diferença entre as estações é a presença de chuvas. Durante os meses de novembro a abril (verão e começo do outono) há maior probabilidade de chuvas, ainda que durante os últimos anos elas tenham sido escassas.

Mas é nesse período que as temperaturas ficam mais amenas e a vegetação se enche de flores e folhagens, o que facilita as caminhadas pelo parque.

Época das chuvas

Já de maio a junho, o parque entra de cabeça no outono, apresentado a típica coloração dessa estação. Nesse período, tem início a época da seca, quando as temperaturas começam a subir.

Por consequência, o auge da seca acontece no período de agosto a outubro, época mais quente do ano. Essa sensação se intensifica graças às quedas das folhas da vegetação local.

Serra da Capivara? #VaideMobai

Impossível não se encantar, não é mesmo? Venha conversar com a gente sobre esse destino de beleza e história fascinantes! Nós montamos muito mais do que um pacote de viagem. Criamos uma experiência personalizada, repleta de aventuras incríveis, com base em suas expectativas. Acompanharemos você desde a programação da sua viagem até o seu retorno! A Mobai Viagens é uma agência de viagens localizada em Ribeirão Preto, no Complexo Empresarial do Shopping Iguatemi. Venha nos conhecer!